segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Diário da casa nova: O open house!

Nesse domingo nós chamamos os amigos mais próximos para o nosso open house. O menu foi mexicano, fácil de cozinhar e ainda não faz sujeira na hora de comer. Nada de lavar louça no final da festa!

Nós fizemos chilli, guacamole e sour cream. Quer aprender a fazer também? Vem ver as minhas receitas:


Guacamole

Vamos começar pelo mais simples, né gente?
Pra fazer guacamole você só precisa de: 02 abacates, 02 tomates, 1 cebola, coentro e sal a gosto. Corta tudo em pedaços bem pequenos e mistura.


Chilli

Eu nunca tinha feito chilli e embora eu tenha escolhido (e até imprimido) essa receita do M de mulher, eu não segui a receita, mas eu tenho bons motivos:
#1: Eu não tenho panela de pressão, então tive que fazer o feijão na panela convencional.
#2: Eu não gosto muito de seguir receitas 
#3: Eu coloquei queijo Emmenthal em cima pelo motivo #2.

Sour Cream

O meu sour cream leva: 01 caixa de cream cheese, 01 caixa de creme de leite, 01 limão e sal agosto. Misture tudo e deixa na geladeira por algumas horas.

Punch

Pra beber, minha amiga (beijos Luly!) fez um punch de frutas delicioso que sempre faz sucesso. Você encontra a receita no canal do Papo de Homem:

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Filmes românticos para assistir durante a TPM

Eu fico muito sentimental durante a TPM, não tem como negar! Sou daquelas que escolhe assistir um filme bem meloso mesmo sabendo que vou chorar horrores. 

Gente, eu já chorei assistindo "Eu os Declaro Marido e... Larry".  #comolidar? Haha.

Eu na TPM (Se você não assiste New Girl, deveria!)
Se você fica super sentimental durante a TPM  - ou é assim em todos os dias - confira a minha lista de filmes melosos para essa semana do mal!

Prepare o balde de pipoca e a barra de chocolate:






"Será que?" (What If, 2013)
Depois de largar a faculdade de medicina, Wallace (Daniel Radcliffe) encontra Chantry (Zoe Kazan), uma garota charmosa que já tem namorado, mas uma simples amizade parece tão pouco pra ele.









"Meia noite em Paris" (Midnight in Paris, 2011)
Todas as noites, um escritor viaja no tempo para a Paris dos anos 20, onde encontra romance e inspiração vivendo momentos com seus grandes ídolos.










"Ele não está tão afim de você" (He's Just Not That Into You, 2009)
A romântica Gigi prefere acreditar nas desculpas esfarrapadas dos caras que não ligam no dia seguinte sem aceitar que eles não estão tanto afim dela. Depois de mais uma decepção, ela encontra Alex, seu melhor amigo, que, com uma visão realista sobre relacionamentos afetivos, tenta mostrar pra ela como a mente dos homens funciona.








"O fabuloso destino de Amélie Poulain" (Le fabuleux destin d'Amélie Poulain, 2001)
Não tem como não se encantar com a doçura desse filme.










"Eu odeio o dia dos namorados" (I Hate Valentine's Day, 2009)
O filme conta a história de uma florista que se recusa a sair mais de cinco vezes com o mesmo cara - até que ela encontra um dono de um restaurante que a faz repensar sobre o assunto.






Ps. Todos os vídeos dessa lista estão disponíveis no Netflix.

sábado, 17 de janeiro de 2015

Muita gente nunca ouviu falar, mas coolhunter é a profissão mais legal do mundo

Quero ser coolhunter quando crescer. Sério.

"Os coolhunters são observadores. Não somos criadores, nem inventores de moda. Apenas identificamos” disse Daniela Klaiman, coolhunter, ao site da Tpm
O coolhunter é um pesquisador de tendências. Ele analisa novos comportamentos da sociedade buscando movimentos relevantes em diversas áreas, como moda, música e gastronomia. Dessa forma, ele consegue identificar uma tendência antes mesmo dela "pegar".
“Eu sempre digo que é apenas o caso de prestar atenção. Olhamos para tudo, seja uma lojinha por qual estamos passando ou seja notando um flyer em um café”, resume Ami Kealoha, editora do site coolhunting.com.
E como o coolhunter ganha dinheiro com isso? Para as marcas, ter um profissional que antecipe tendências é garantia de bom negócio. Afinal, com essa informação ela consegue desenvolver novos produtos já considerando os futuros desejos de seus consumidores.

Quer saber mais sobre coolhunting?

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

[Quero na minha casa] Estante de livros


Meu namorado tem muitos livros, tipo muitos mesmo! Por isso ter uma estante não é um luxo e sim uma necessidade.

Aqui em casa tem uns armários grandes onde até caberiam alguns livros, mas eu acho que quanto mais aparentes os livros ficarem, mais funcional e bonito o espaço fica. Dá pra olhar o livro, ficar com saudade e ler de novo!

Algumas maneiras de organizar os seus livros:

Em ordem alfabética

Você pode fazer como nas livrarias e organizar seus livros de acordo com o sobrenome do autor, ou pelo título da obra. Lembre-se que o artigo não conta nessa hora. Por ex. "O Pequeno Príncipe" fica no "P".

Por genero:

Se você tem livros sobre vários assuntos você pode dividi-los por sessões: Literatura nacional, quadrinhos, Design, Audiovisual...

Por cores

Esse método é polêmico! Porque fica lindo, mas dificulta bastante na hora de achar o livro que você deseja no momento. Você pode deixá-los na ordem do arco-íris ou criar bloco de cores.

Fazendo Combos

Você pode deixar todos os livros sobre "Game Of Thrones", por exemplo, juntinhos.

Ou tudo junto e misturado! Você quem sabe! :)

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Morar junto = Casar?

Agora que eu sai da casa da minha mãe pra morar com o meu namorado muita gente tá falando "Que lindo, você tá casando!". Minha resposta é SEMPRE:

Não, meu bem, quando eu casar todo mundo vai saber porque eu vou estar usando um vestido bapho!!
Na minha opinião, a diferença entre morar junto e casar é que:

Você pode "morar junto" com qualquer um, um irmão, uma amiga, até um desconhecido. Agora você só casa com quem gosta. Claro, essas "definições" são totalmente subjetivas. Muita gente não quer casar de véu e grinalda, nem fazer uma festa, aí só morar junto já basta.

E você? Tá solteira, namorando, casada ou morando junto?

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Diário da casa nova | Semana #1

Ainda em dezembro, antes das nossas férias de final de ano, nós levamos os móveis e eletrodomésticos grandes para a casa nova porque tínhamos medo de não conseguir um carreto na semana do Natal. Devo dizer pra vocês que mudar nessa época do ano não é nada prático, #ficaadica. 


Dia 31 foi dia de fazer faxina e de esperar a NET. Só esperar, porque a empresa maravis não apareceu para instalar a TV a cabo e a internet.

A vantagem de faxinar no último dia do ano foi poder deixar a cama arrumada pra dormir a 1º noite de 2015 na nossa casa nova! *-*

Fotos 1 e 4: Durante essa primeira semana nós levamos as caixas com roupas e muitos livros e passeamos muito por lojas de móveis e decoração. Até que escolhemos o rack e a mesa da sala. Os dois são da Tok Stok.

Fotos 2 e 3: No domingo, dia 04, nós levamos a Páris para o apartamento. 
Dica: Se você for fazer mudança com o seu gato compre o Feliway, um produto que reproduz o ferormônio felino F3 (oi?) e deixa o gato mais tranquilo. É caro, mas funciona!

Foto 5: Na segunda-feira chegou o nosso fogão, que não funciona porque ainda não compramos o botijão de gás. Ou seja, a primeira semana de 2015 foi praticamente um detox para nós dois. Só saladinha e grelhado no George Forman. haha!

Foto 6: E por último, nessa quarta-feira perdeu a Páris perdeu a vergonha e tentou arranhar o sofá.  #comolidar?

Ainda não temos microondas, nem montei minha penteadeira, mas tô feliz da vida no meu novo apartamento!


segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Onde e por quê aprender HTML

Quando você cria um blog, a primeira coisa que precisa providenciar é um layout. Nessa hora você pode contratar um profissional, criar seu próprio layout (se você tem essa habilidade, parabéns!), ou escolher um template pronto na internet.

Independentemente de como você vai fazer o seu layout é importante que você saiba um pouco sobre HTML e CSS.
Calma Ryan, eu te explico... haha!

O HTML é o esqueleto da página web, e o CSS é a maquiagem desse esqueleto:


Sabendo um pouquinho sobre essas duas linguagens de programação você consegue corrigir pequenos erros e deixar o blog com a sua cara.

Fica a dica: Aprendendo sobre HTML de graça


O site Codecademy oferece cursos online sobre HTML, CSS, Javascript e algumas outras linguagens de programação mais complexas.

Pra quem tá começando, o curso "HTML básico" ajuda a entender como funciona a organização do código que formata seu layout. O assunto parece complexo, mas as aulas são curtas e muito interativas, quando você menos esperar já vai estar criando sua própria página na Web.

Eu comecei a estudar com o site em dezembro e já terminei os cursos básicos. E vocês, o que sabem sobre HTML?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...